IPN     IPN Incubadora
Fundação Repsol procura startups do sector da energia e mobilidade
Aceleradora
Geral
Incentivos
Incubadora
Prémios
 
A Fundação Repsol abre nova fase de candidaturas para o seu Fundo de Empreendedores e esteve no IPN para apresentar esta aceleradora empresarial a 21 de fevereiro.


Os projetos selecionados vão receber apoio económico a fundo perdido de até 144.000€ num ano, para além de formação, aconselhamento de uma equipa de mentores e acesso a possíveis investidores.

Esta é a sexta fase de candidaturas ao Fundo para apoiar startups com soluções inovadoras na área da indústria energética e química, da geração, distribuição e armazenamento de eletricidade e da mobilidade.

O Fundo de Empreendedores apoia startups em dois níveis de desenvolvimento:
- Em fase de projeto: startups que estejam a desenvolver uma tecnologia e/ou um modelo de negócio inovador que já está a ser demonstrado num contexto controlado ou inclusive num ambiente real, e que ainda não tenham chegado à fase do planeamento comercial.
- Ideias em desenvolvimento: startups que estão num nível de desenvolvimento tecnológico e/ou de modelo de negócio mais precoce que o anterior.

As propostas selecionadas vão receber apoio económico a fundo perdido, formação especializada, aconselhamento por parte de uma equipa de mentores e acesso a potenciais investidores. O processo de aceleração tem a duração de um ano, mas pode prolongar-se para um segundo ano no caso dos projetos.

No que diz respeito ao desenvolvimento empresarial, o Fundo de Empreendedores oferece até 144.000€ durante um ano aos projetos e um apoio de 2.000 euros por mês, durante 12 meses, às startups candidatas na categoria de “ideias”.


Quem pode participar?

O concurso é dirigido a pequenas e médias empresas, ainda que também possam participar pessoas individuais que ainda não tenham constituído a sua empresa.

O Fundo de Empreendedores é uma iniciativa global em que podem participar empreendedores de qualquer parte do mundo - já que não há a necessidade de deslocação a nenhum espaço de trabalho de forma contínua.

A aceleradora da Fundação Repsol apoia startups que trabalhem em soluções inovadoras em três âmbitos:
- Eficácia, digitalização e novos materiais da indústria energética e química.
- Mobilidade de pessoas e/ou coisas, incluindo sistemas de gestão de big data e data science.
- Geração e distribuição e armazenamento de eletricidade.


O Fundo de Empreendedores em números

A Fundação Repsol, através do seu Fundo de Empreendedores, procura apoiar de forma eficaz os empreendedores que, com as suas inovações, contribuem para a construção de um modelo energético mais sustentável.

Após cinco anos, contam-se já 37 startups integradas no programa de aceleração do Fundo de Empreendedores. Já foram registadas mais de 30 patentes e angariados mais de 13 milhões de € em investimento e financiamento. Nas cinco convocatórias realizadas desde lançamento deste Fundo, em 2011, foram recebidas mais de 2000 candidaturas.
Os selecionados desta sexta fase serão conhecidos no terceiro trimestre de 2017.

Apresentação de propostas em fondoemprendedores.fundacionrepsol.com.
Mais informação em fundacionrepsol.com.

Data

27 de Fevereiro de 2017