Instituto Pedro Nunes
IPN     IPN Incubadora
IPN promove plataforma que monitoriza saúde de idosos
Geral
Laboratórios de I&DT
Notas de Imprensa
Transf. Tecnologia e PI
 
O Instituto Pedro Nunes vai apresentar, numa iniciativa da União das Misericórdias Portuguesas, o Sensor Care, uma plataforma digital para monitorizar a saúde e a qualidade de vida de idosos

Hoje, a partir das 15 horas, o Instituto Pedro Nunes (IPN) vai participar no Seminário e Mostra Tecnológica sobre Apoio Domiciliário e Novas Tecnologias, a realizar-se no Centro João Paulo II, em Fátima, onde vai apresentar o Sensor Care, uma plataforma digital para monitorizar a saúde e a qualidade de vida de idosos.

Fruto do projeto nacional TICE.Healthy, do qual o IPN foi parceiro, o Sensor Care, foi desenvolvido para ser utilizado pelas equipas de serviço de apoio domiciliário. Integra um 'kit' de sensores e uma aplicação informática que permite registar de forma simples alguns dados relevantes para a prevenção da saúde dos utentes, como peso, tensão arterial, glicemia, ritmo cardíaco e oximetria. Esta tecnologia possibilita aos utentes ter um acompanhamento permanente da evolução geral da sua saúde e, consequentemente, uma ação preventiva, diminuindo custos de tratamentos e aumentando a sensação de tranquilidade e bem estar.


Trata-se de uma plataforma que já foi testada, numa colaboração com 11 utentes da Cáritas Diocesana de Coimbra. Através de um único ponto de acesso, idosos, familiares e profissionais do apoio social diário tiveram uma visão global da evolução da saúde e da qualidade de vida desses utentes do serviço ao domicílio da Cáritas.

Este Seminário e Mostra Tecnológica sobre Apoio Domiciliário e Novas Tecnologias é o resultado do projeto "Laboratório de Ideias", promovido pela União das Misericórdias Portuguesas, que está a apoiar a criação e o desenvolvimento de soluções inovadoras para as diferentes áreas de intervenção das Misericórdias, nomeadamente a modernização do serviço de apoio domiciliário.





Data

6 de Fevereiro de 2018