Instituto Pedro Nunes
IPN     IPN Incubadora

ReMAP
Real-time Condition-based Maintenance for Adaptative Aircraft Maintenance Planning

Desafio

Atualmente, a maioria da manutenção aeronáutica é preventiva, significando isto que os sistemas e componentes são inspecionadas enquanto estão ainda em boas condições. A manutenção aeronáutica é pré-agendada segundo intervalos fixos, sejam estes determinados por horas de voo; ciclos de voo ou períodos temporais, dependendo daquele que ocorra primeiro.
Este método resulta em sobre-manutenção devido ao facto de as partes serem muitas vezes substituídas enquanto se encontram ainda em boas condições, ou seja, sem terem ainda atingido o fim da sua vida útil.
Nas últimas décadas, as aeronaves têm vindo a transformar-se em sistemas muito complexos que geram terabytes de informação por dia. Esta informação pode ser muito útil, se usada, por exemplo, para determinar o restante tempo de vida útil de determinado componente. Isto reduz a necessidade de inspeções manuais e permite a implementação de manutenção preditiva (baseada no real estado das peças, componentes e sistemas).

Solução

O projeto ReMAP é um projeto financiado pelo programa H2020, o qual pretende reforçar a liderança europeia na área da aeronáutica, através do desenvolvimento de uma solução open-source dedicada à manutenção de aeronaves: sistema integrado de gestão da manutenção de frotas (Integrated Fleet Health Management, IFHM).
O projeto trata a temática da adoção de manutenção preditiva no contexto aeronáutico sob duas perspetivas: desenvolvimento e teste da solução IFHM através da instalação de um piloto e a promoção de um roadmap europeu comum no sentido do uso futuro de manutenção preditiva na aviação.
No sentido de potenciar o impacto do ReMAP, o projeto junta, desde o seu início, um conjunto de stakeholders de relevo na área aeronáutica. A participação destes stakeholders externos garantirá que o projeto endereça questões de relevo para a indústria, como as suas principais necessidades e preocupações.
Ao substituir inspeções baseadas em intervalos fixos por intervenções alicerçadas no estado real das peças e componentes, prevê-se que o projeto venha a ter um impacto de cerca de 700M/euros por ano na aviação europeia. Isto devido não apenas a uma diminuição dos custos de manutenção e redução de eventos de manutenção não previstos, mas também devido ao aumento da disponibilidade das aeronaves.

Referência do projecto

Grant Agreement No 769288

Financiamento

H2020
H2020

Localização

Nacional e Internacional

Custo total

6.806.743,77

Custo IPN

439.000,00

Apoio financeiro da UE

6.806.743,77

Duração

4 anos

Consórcio

Technische Universiteit Delft – TUD
ATOS Spain S.A. - ATOS
CEDRAT Technologies - CTEC
Ecole Nationale Supérieure d’Arts et Métiers - ENSAM
Embraer Portugal S.A. - EMB
Instituto Pedro Nunes - IPN
Koninklijke Luchtvaart Maatschappij N.V. - KLM
Office National D'Etudes et de Recherches Aerospatiales - ONERA
Optimal Structural Solutions - OPT
Smartec – STEC
United Technologies Research Centre Ireland - UTRCI
University of Coimbra - UC
University of Patras - UPAT

Parceiros

Airbus SAS
Empresa Brasileira de Aeronáutica (Brazil)
European Aviation Safety Agency
Prof. Fu-Kuo Chang (Stanford University, US)
Goodrich Actuation Systems SAS, UTC Aerospace Systems (France)
Royal Dutch Air Force (The Netherlands)
Thales Avionics

Website

https://h2020-remap.eu

Palavras-chave

Manutenção preditiva; manutenção de aeronaves; algoritmos de diagnóstico e prognóstico; inteligência artificial