IPN     IPN Incubadora

AUTOCITS
Estudo de Regulamentação para a Interoperabilidade na Adopção da Condução Autónoma em Nós Urbanos Europeus

Desafio

Contribuir para a implantação de CITS na Europa a fim de reforçar a interoperabilidade dos veículos autónomos, assim como reforçar o papel do C-ITS como catalisador para a implementação da condução autónoma.

Solução

O objetivo do projeto AUTOCITS é facilitar a implantação de veículos autónomos em nós urbanos através do desenvolvimento de serviços de transporte inteligentes cooperativos (C-ITS) que permitam aos veículos, utilizadores e infraestruturas a partilha de informações mais facilmente. O objetivo é contribuir para o enquadramento regulamentar e as regras de trânsito, a fim de reforçar a interoperabilidade dos veículos autónomos, assegurando simultaneamente a correta utilização nas estradas de todos os países da Europa e a coexistência segura com outros veículos. Os pilotos serão os primeiros na Europa a incluir ensaios fechados e abertos ao tráfego em diferentes tipos de estradas: a via para veículos de alta ocupação que liga a via rápida M-30 em Madrid, a auto-estrada A-4 em Paris e as Avenidas Marginal e Brasília e a A-36 em Lisboa.

Referência do projecto

INEA/CEF/TRAN/M2015/1143746

Financiamento

Connecting Europe Facility (CEF)

Duração

2016-2018

Consórcio

Indra - Indra Sistemas (ES), UPM - Universidad Politécnica de Madrid (ES), DGT - Dirección General de Tráfico - Ministry of Interior (ES), INRIA - Institut National de Recherche en Informatique et en Automatique (FR), IPN – Instituto Pedro Nunes (PT), ANSR - Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (PT), UC - Universidade de Coimbra (PT).

Parceiros

 

Palavras-chave

C-ITS, Veículos Autónomos, enquadramento regulamentar e as regras de trânsito